Trazendo as crianças de volta às bicicletas


Nada mais excitante do que aquela mistura de encantamento e prazer da descoberta!!!

Em apenas uma ou duas gerações, passamos de uma época em que as crianças andavam ou pedalavam livremente pelo seu bairro, e até mesmo além, para um ponto em que muitos pais relutam em deixar as crianças fora do alcance de seus olhos.
A exploração do bairro, naquela mistura maluca de encantamento e prazer da descoberta, que fez parte de nossa infância, foi substituída pelo conjunto de jogos organizado no quintal ou, mais recentemente, o que é mais provável, pela maratona de jogos de vídeo game. Os interesses financeiros que "criaram" condomínios, verdadeiros clubes, situados em áreas cada vez mais distantes do centro das cidades, e dos locais de trabalho,também tornou o aparecimento de residências com dois ou três carros,bem mais comum, e de uma sociedade totalmente dependente de carros para viagens cada vez mais curtas como ir à panificadora ou à farmácia na quadra seguinte.
Algumas das mudanças foram boas. É certo que o garoto médio é muito mais sofisticado sobre o mundo do que éramos cinquenta anos atrás.Mas também estamos pagando um preço em saúde física. A percentagem de crianças com sobrepeso triplicou desde meados da década de 1970. O número de casos de diabetes tipo 2, antes raramente encontrado em crianças, aumentou vertiginosamente e percentagens crescentes de jovens recebem pouco exercício. De acordo com algumas estatísticas, quase metade dos jovens com idade entre doze a vinte e um não recebem exercício vigoroso regular. Se você não for fisicamente ativo quando você é mais capaz disso, quando você será?
É claro, atualmente enfrentamos um problema de segurança pública. As crianças, infelizmente, não poderão voltar a desfrutar de toda aquela tranquilidade que tínhamos. Mas acompanhadas dos pais o problema poderá ser contornado e, afinal, os pais também precisam de exercícios para acabar com o sedentarismo e manter-se igualmente em forma. Ótima motivação pra organizar programas de final de semana com as crianças. Passeios nas ruas próximas de casa, ciclovias ou mesmo em algum parque. Penso que passeios em parques não seja a abordagem mais nobre que a bicicleta possa ter, mas não deixa de ser uma forma de começar a pedalar e cultivar o gosto pela atividade, que nesse caso específico, além de saudável é extremamente salutar para aumentar a integração e incentivar a convivência entre pais e filhos, tão importante no desenvolvimento das crianças. Crianças que pedalam serão adultos mais propensos a aderir ao modal no futuro, e também motoristas mais conscientes.



A maioria das crianças não se exercita o suficiente
Ciclismo / caminhada torna você mais apto, mais alerta, mais inteligente
Ciclismo/caminhada encoraja independência
Ciclismo /caminhada é bom para o planeta – e para sua vizinhança
Pedalar /caminhar para a escola economiza dinheiro


Leave a comment

Your Name
Your Email
(Optional)
Your Comment
No info required here, please press the button below.