Obesidade, Exercícios e a Bicicleta

A obesidade é o terrorismo interior, disse o Cirurgião Geral Richard Carmona durante uma palestra na Universidade da Carolina do Sul. "A menos que façamos algo sobre isso, a magnitude do dilema irá sobrepujar o 11 de Setembro, ou qualquer outra tentativa terrorista".


Vários estudos apontam estatísticas sombrias para a maioria fisicamente inativa: um aumento de 30 a 50 por cento na doença cardíaca coronária, um aumento de 30 por cento na hipertensão e um aumento de 20 a 50 por cento em acidentes vasculares cerebrais. Há também um aumento de 30 a 40 por cento no risco de câncer de cólon e de 20 a 30 por cento no risco de câncer de mama. A inatividade também aumenta a probabilidade de diabetes tipo 2, e alguns estudos sugerem que o exercício pode ajudar a atrasar o início da doença de Alzheimer e aliviar os sintomas da doença de Parkinson em homens. Além disso, os homens em seus cinqüenta são mais propensos a ter disfunção erétil se eles não fazem exercício.
O médico Andrew Dannenberg, disse que uma das coisas mais notáveis ​​sobre o exercício físico é seu impacto não apenas na saúde física, mas também na saúde mental. "A depressão é tratada e impedida pela atividade física", disse ele. "É fenomenal, não há muitas coisas que podem fazer prevenção e tratamento."
ESPORTE, ATIVIDADE FÍSICA E EXERCÍCIO
Quando lemos estes três conceitos é comum pensar que é tudo mais ou menos o mesmo. Porém não é assim: existem diferenças marcantes entre cada um deles, sobre tudo se nos referimos ao tema da saúde. Vejamos:
– Em primeiro lugar, o esporte praticado a níveis altamente competitivos está longe de ser sinônimo de saúde. Além disso, nenhum esporte foi pensado para a saúde mas sim para a competição. É claro que manejado de maneira amadora e por profissionais do ramo, se aproxima do paradigma de uma vida saudável. Conclui-se que esporte é o aspecto menos relevante a ser levado em conta quando se pretende incentivar o uso da bicicleta.
– A atividade física refere-se ao movimento que carece de uma intenção específica para produzir desenvolvimento físico ou melhoria da saúde.
– Por último, o exercício físico refere-se a movimentos que foram pensados para resolver um problema em particular. Se trata de exercícios “artificiais”, criados com uma finalidade, ferramentas para tratar determinadas patologias, movimentos que nos ajudam a curar ou a melhorar a saúde.
Somente o exercício físico sistemático permite cumprir plenamente com o objetivo de saúde, portanto, lazer não é exercício, nem vice e versa. Neste quesito, a bicicleta situa-se com vantagens sobre as demais formas de exercício.


Andar de bicicleta é um ótimo exercício aeróbico para melhorar o condicionamento cardiovascular, mas sem todo o impacto da corrida. Para maximizar os benefícios cardiovasculares, use uma engrenagem bastante fácil e mantenha uma alta cadência de pedal.
Andar de bicicleta é uma ótima maneira de perder peso. Você pode queimar até 600 calorias por hora na bicicleta. Isto, combinado com uma boa estratégia nutricional pode ser uma ótima maneira de reduzir a gordura.
Ciclismo fornece todos os benefícios de correr sem o impacto. É perfeito para aqueles que querem cuidar de suas articulações. Ele irá fortalecer seus músculos também, então as articulações serão mais suportadas.
O exercício moderado, como o ciclismo comprovadamente melhora o seu humor. Isto é devido à produção de substâncias químicas chamadas endorfinas, que agem para lhe dar um impulso mental. Se você pedala na parte da manhã, você vai ter um sorriso em seu rosto para o resto do dia.
Um estudo publicado no British Journal of Medicine em 2008, descobriu que andar de bicicleta por apenas 20 minutos por dia diminui os níveis de ansiedade em pacientes com transtornos depressivos e de ansiedade. Andar de bicicleta é ótimo para ajudar você a relaxar e pode ajudar a baixar a pressão arterial.
Ciclismo usa todos os principais músculos da perna, especialmente os glúteos. Você estará montando o seu caminho em direção a uma traseira para se orgulhar ao mesmo tempo que irá tonificar as panturrilhas, músculos da coxa e quadris.


Leave a comment

Your Name
Your Email
(Optional)
Your Comment
No info required here, please press the button below.