Blog

As Cidades e a Bicicleta - 0 comments

A bicicleta oferece uma forma de transporte não-poluente, livre de congestionamentos e fisicamente ativa em um país, e em um mundo, que cada vez mais carece dessas opções. A elevada competição global dos fornecedores de combustível do mundo pôs fim a era do combustível barato que tornou possível a nossa dependência do automóvel. Nosso estilo de vida cada vez mais sedentário levanta o espectro de uma epidemia de obesidade que poderá encurtar a vida da próxima geração. E estamos superando nossa capacidade de manter e expandir nossa rede de estradas e pontes. À primeira vista, pode parecer estranho falar sobre a humilde bicicleta no mesmo fôlego como carros elétricos ou biocombustíveis ou pilhas de combustível movidas a hidrogênio que são apresentados como a solução final para a nossos problemas ambientais e de energia, apesar do fato de que o ciclismo possa realizar mais do que a maioria das pessoas pensam.

Claro, eu duvido que muitas pessoas pedalem para salvar o meio ambiente ou por outras razões abstratas, embora isso possa acrescentar uma motivação extra. É difícil imaginar pessoas pedalando se elas simplesmente não amam fazê-lo. Aqueles de nós que adoram pensar em desfrutar do ar livre, movendo-se a uma velocidade que afasta o tédio, mas que lhes dá tempo para examinar locais interessantes, e que coloca seu corpo trabalhando apenas duro o suficiente para liberar aquelas endorfinas que induzem ao prazer.
Muitas pessoas estão mudando para o ciclismo em busca de um estilo de vida diferente, mais livre. Elas são como pioneiros urbanos, partindo com um mínimo de provisões para explorar a fronteira, mesmo que essa fronteira seja uma paisagem da cidade da qual a maioria das pessoas está apenas vagamente consciente através de um pára-brisa de carro.

Obesidade, Exercícios e a Bicicleta - 0 comments

A obesidade é o terrorismo interior, disse o Cirurgião Geral Richard Carmona durante uma palestra na Universidade da Carolina do Sul. "A menos que façamos algo sobre isso, a magnitude do dilema irá sobrepujar o 11 de Setembro, ou qualquer outra tentativa terrorista".


Vários estudos apontam estatísticas sombrias para a maioria fisicamente inativa: um aumento de 30 a 50 por cento na doença cardíaca coronária, um aumento de 30 por cento na hipertensão e um aumento de 20 a 50 por cento em acidentes vasculares cerebrais. Há também um aumento de 30 a 40 por cento no risco de câncer de cólon e de 20 a 30 por cento no risco de câncer de mama. A inatividade também aumenta a probabilidade de diabetes tipo 2, e alguns estudos sugerem que o exercício pode ajudar a atrasar o início da doença de Alzheimer e aliviar os sintomas da doença de Parkinson em homens. Além disso, os homens em seus cinqüenta são mais propensos a ter disfunção erétil se eles não fazem exercício.
O médico Andrew Dannenberg, disse que uma das coisas mais notáveis ​​sobre o exercício físico é seu impacto não apenas na saúde física, mas também na saúde mental. "A depressão é tratada e impedida pela atividade física", disse ele. "É fenomenal, não há muitas coisas que podem fazer prevenção e tratamento."
ESPORTE, ATIVIDADE FÍSICA E EXERCÍCIO
Quando lemos estes três conceitos é comum pensar que é tudo mais ou menos o mesmo. Porém não é assim: existem diferenças marcantes entre cada um deles, sobre tudo se nos referimos ao tema da saúde. Vejamos:
– Em primeiro lugar, o esporte praticado a níveis altamente competitivos está longe de ser sinônimo de saúde. Além disso, nenhum esporte foi pensado para a saúde mas sim para a competição. É claro que manejado de maneira amadora e por profissionais do ramo, se aproxima do paradigma de uma vida saudável. Conclui-se que esporte é o aspecto menos relevante a ser levado em conta quando se pretende incentivar o uso da bicicleta.
– A atividade física refere-se ao movimento que carece de uma intenção específica para produzir desenvolvimento físico ou melhoria da saúde.
– Por último, o exercício físico refere-se a movimentos que foram pensados para resolver um problema em particular. Se trata de exercícios “artificiais”, criados com uma finalidade, ferramentas para tratar determinadas patologias, movimentos que nos ajudam a curar ou a melhorar a saúde.
Somente o exercício físico sistemático permite cumprir plenamente com o objetivo de saúde, portanto, lazer não é exercício, nem vice e versa. Neste quesito, a bicicleta situa-se com vantagens sobre as demais formas de exercício.


Andar de bicicleta é um ótimo exercício aeróbico para melhorar o condicionamento cardiovascular, mas sem todo o impacto da corrida. Para maximizar os benefícios cardiovasculares, use uma engrenagem bastante fácil e mantenha uma alta cadência de pedal.
Andar de bicicleta é uma ótima maneira de perder peso. Você pode queimar até 600 calorias por hora na bicicleta. Isto, combinado com uma boa estratégia nutricional pode ser uma ótima maneira de reduzir a gordura.
Ciclismo fornece todos os benefícios de correr sem o impacto. É perfeito para aqueles que querem cuidar de suas articulações. Ele irá fortalecer seus músculos também, então as articulações serão mais suportadas.
O exercício moderado, como o ciclismo comprovadamente melhora o seu humor. Isto é devido à produção de substâncias químicas chamadas endorfinas, que agem para lhe dar um impulso mental. Se você pedala na parte da manhã, você vai ter um sorriso em seu rosto para o resto do dia.
Um estudo publicado no British Journal of Medicine em 2008, descobriu que andar de bicicleta por apenas 20 minutos por dia diminui os níveis de ansiedade em pacientes com transtornos depressivos e de ansiedade. Andar de bicicleta é ótimo para ajudar você a relaxar e pode ajudar a baixar a pressão arterial.
Ciclismo usa todos os principais músculos da perna, especialmente os glúteos. Você estará montando o seu caminho em direção a uma traseira para se orgulhar ao mesmo tempo que irá tonificar as panturrilhas, músculos da coxa e quadris.


Trazendo as crianças de volta às bicicletas - 0 comments

Nada mais excitante do que aquela mistura de encantamento e prazer da descoberta!!!

Em apenas uma ou duas gerações, passamos de uma época em que as crianças andavam ou pedalavam livremente pelo seu bairro, e até mesmo além, para um ponto em que muitos pais relutam em deixar as crianças fora do alcance de seus olhos.
A exploração do bairro, naquela mistura maluca de encantamento e prazer da descoberta, que fez parte de nossa infância, foi substituída pelo conjunto de jogos organizado no quintal ou, mais recentemente, o que é mais provável, pela maratona de jogos de vídeo game. Os interesses financeiros que "criaram" condomínios, verdadeiros clubes, situados em áreas cada vez mais distantes do centro das cidades, e dos locais de trabalho,também tornou o aparecimento de residências com dois ou três carros,bem mais comum, e de uma sociedade totalmente dependente de carros para viagens cada vez mais curtas como ir à panificadora ou à farmácia na quadra seguinte.
Algumas das mudanças foram boas. É certo que o garoto médio é muito mais sofisticado sobre o mundo do que éramos cinquenta anos atrás.Mas também estamos pagando um preço em saúde física. A percentagem de crianças com sobrepeso triplicou desde meados da década de 1970. O número de casos de diabetes tipo 2, antes raramente encontrado em crianças, aumentou vertiginosamente e percentagens crescentes de jovens recebem pouco exercício. De acordo com algumas estatísticas, quase metade dos jovens com idade entre doze a vinte e um não recebem exercício vigoroso regular. Se você não for fisicamente ativo quando você é mais capaz disso, quando você será?
É claro, atualmente enfrentamos um problema de segurança pública. As crianças, infelizmente, não poderão voltar a desfrutar de toda aquela tranquilidade que tínhamos. Mas acompanhadas dos pais o problema poderá ser contornado e, afinal, os pais também precisam de exercícios para acabar com o sedentarismo e manter-se igualmente em forma. Ótima motivação pra organizar programas de final de semana com as crianças. Passeios nas ruas próximas de casa, ciclovias ou mesmo em algum parque. Penso que passeios em parques não seja a abordagem mais nobre que a bicicleta possa ter, mas não deixa de ser uma forma de começar a pedalar e cultivar o gosto pela atividade, que nesse caso específico, além de saudável é extremamente salutar para aumentar a integração e incentivar a convivência entre pais e filhos, tão importante no desenvolvimento das crianças. Crianças que pedalam serão adultos mais propensos a aderir ao modal no futuro, e também motoristas mais conscientes.



A maioria das crianças não se exercita o suficiente
Ciclismo / caminhada torna você mais apto, mais alerta, mais inteligente
Ciclismo/caminhada encoraja independência
Ciclismo /caminhada é bom para o planeta – e para sua vizinhança
Pedalar /caminhar para a escola economiza dinheiro


Guia da Internet 2011 - 0 comments
Iniciativa fantástica do CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ao publicar este Guia da Internet 2011 !!! Uma grande fonte de referência para alunos,professores e pesquisadores. Vale a pena conferir!
Guiadainternet2011
Livros com frete grátis - 0 comments
Uma grande descoberta para os amantes da leitura de livros tradicionais !
Acho sensacional as novas opções de leitura de e-books, através de dispositivos
como kindle, i-pad, e outros tablets, porém, penso que ainda restam muitos anos
para que os livros impressos sobre papel, deixem de existir !
Agora a boa notícia: uma grade livraria inglesa que vende livros tradicionais com frete grátis para qualquer lugar do mundo!
Vale a pena conferir
Boa leitura !
Familia Delavigne - 0 comments
Acesse aqui o relatório completo de Descendentes De Ange Delavigne
Você usa fotografias stock? - 0 comments
Se você não usa, deveria! Entenda porque ao ler este artigo...
Read More
Marketing for Photographers - 0 comments
Desde que me apaixonei pela fotografia,obviamente o que mais gosto de fazer é fotografar, mas não raro me encontro às voltas com funções administrativas,principalmente o marketing. Para qualquer profissional, é impossível esquecer que antes de mais nada é preciso saber como vender seu trabalho. Nestas informações postadas no Facebook pelo meu grande amigo Kalen, muita coisa interessante!